Breve abordagem à diferença entre questionário e entrevista

Como os questionário e as entrevistas têm sido referidos de uma forma diferenciada, procurei esclarecer essa diferença, apesar de parecer óbvia.
Estes dois instrumentos correspondem a inquéritos, estão englobados nas técnicas indirectas de recolha de dados e, o que os distingue, é o facto de nos questionários “investigador e inquiridos não interagirem em situação presencial” (Carmo & Ferreira, 2008).

Assim, é necessário ter em conta que a presença ou ausência do investigador no acto da recolha de dados constitui um factor importante na concepção do inquérito.
Elaborei um esquema, simples, para ter uma visão mais clara sobre a contextualização dos inquéritos e das entrevistas nas técnicas de recolha de dados, de acordo com o que tenho lido, considerando que não é um esquema estanque:

Focando no esquema as técnicas de inquérito, podemos constatar que tanto as entrevistas como os questionários podem ser estruturados em dois níveis diferentes, devendo os inquéritos pouco estruturados ser utilizados na fase exploratória de uma investigação.

Referências:
– Carmo, H., & Ferreira, M. M. (2008) Metodologia da investigação. Guia para Auto-aprendizagem. Lisboa: Universidade Aberta
– Lessard-Hérbert, M. (1996) Pesquisa em educação. Lisboa: Instituto Piaget

Anúncios

One Response to

  1. Pingback: Índice dos comentários « UA-MCEM: Metodologias de Investigação em Educação

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: